top of page

Ansiedade

Atualizado: 20 de out. de 2018

A ansiedade é um mecanismo do nosso corpo que nos leva a reagir em situações que entendemos como sendo ameaçadoras ou tensas — como apresentações diante de uma plateia ou andar sozinho, à noite, em uma rua escura. Normalmente, depois que a situação estressante passa, a ansiedade se dissipa e voltamos ao nosso estado habitual.

Porem em algumas pessoas, esse é um estado permanente, que independe de gatilhos externos.

Esses indivíduos sofrem de Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), uma doença que pode provocar sérios prejuízos à saúde física e mental, além de afetar a vida social, pessoal e profissional, comprometendo a capacidade de executar tarefas básicas do dia a dia, como sair para fazer compras ou trabalhar.

Quando a ansiedade é doença?

Quem sofre de ansiedade crônica está constantemente preocupado, mesmo que não haja nenhum motivo para isso.

A preocupação pode evoluir para um medo tão poderoso que paralisa o indivíduo, criando, assim, um círculo vicioso que impede a pessoa de sair daquela situação desconfortável.

Além disso, a ansiedade interfere na percepção que a pessoa tem do seu ambiente e de si própria. Tudo passa a ser ameaçador e a sensação é de vulnerabilidade constante. Esse processo afeta a autoestima, a resistência física e mental do ansioso, que fica mais propenso a doenças como depressão e distúrbios cardiovasculares.

Alguns sinais podem indicar o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG): 1-Excesso de Preocupação 2-Mente Inquieta 3-Insônia 4-Medo irracionais 5-Comportamentos compulsivos 6-Problemas digestivos- uma das principais somatizações da ansiedade. Procure um psicólogo caso esteja passando por essas vivências. O tratamento da ansiedade com psicoterapia comportamental pode trazer excelentes resultados e pode ou não ser acompanhada de tratamento psiquiátrico para medicações.






4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page